Conheça Hamamatsu

  • Outros

Você gosta de música? 5 atrações relacionadas à música e a instrumentos musicais em Hamamatsu

Hamamatsu reúne muitos fabricantes de instrumentos musicais, sendo uma área onde esta atividade tem se estabelecido desde longa data. No entanto, apenas nos últimos tempos é que se tem ativamente investido no desenvolvimento musical da cidade. Há muitas atrações que podem ser usufruídas não somente pelos amantes da música, mas também por aqueles que raramente têm a oportunidade de ter contato com a música. A seguir, listamos alguns lugares relacionados à música e a instrumentos musicais para você visitar em Hamamatsu.

Por que Hamamatsu ficou conhecida como uma cidade de música?

Torakusu Yamaha. Imagem cortesia da Yamaha Corporation.

A história de Hamamatsu como uma cidade de música começa com o fundador da Yamaha, Torakusu Yamaha. Após ser chamado para consertar um órgão na cidade, ele passou a dedicar-se à produção daquele instrumento – que era ainda raro no Japão naquela época.

Os instrumentos eram concluídos por um método de tentativa e erro, e eram vendidos não apenas dentro do Japão, mas também exportados para o sudeste asiático. A companhia “Nippon Gakki Co.” – a antecessora da “Yamaha” – foi fundada em 1897. Após algum tempo, Torakusu Yamaha conseguiu concluir o primeiro piano produzido no país.

Seguindo os esforços de Torakusu, em 1927, Koichi Kawai, natural de Hamamatsu, fundou o Instituto de Pesquisa de Instrumentos Musicais Kawai e começou a produzir pianos. O primeiro piano de cauda Kawai foi concluído em 1928. E assim Hamamatsu avançou ainda mais como uma cidade de música.

1. Receba as boas-vindas de instrumentos musicais na bilheteria do trem-bala!

Ao descer do trem-bala na estação de Hamamatsu, você verá, perto das bilheterias, o piano de cauda da “Kawai Instrumentos Musicais”, ao lado de guitarras e de estéreos da “Yamaha”. Este espaço é reservado para a promoção das empresas de Hamamatsu perante os transeuntes. Aqui são revezadas exposições de empresas da cidade.

Você pode tocar o piano de cauda que está em exibição atualmente (até Junho de 2021). Ocasionalmente, algumas pessoas se sentam diante dele e conseguem tirar belas notas, com qualidade quase profissional. Nestes momentos, espectadores reúnem-se ao redor para admirar o show, deixando a estação bastante animada.

Os fabricantes e os conteúdos das exposições mudam de tempos em tempos, mas a princípio, produtos relacionados a instrumentos musicais são exibidos com muita frequência. Quando um fantástico instrumento musical lhe dá as boas-vindas na estação, a emoção e a expectativa de estar na cidade da música certamente fará você perguntar: “Que novas experiências irei ter aqui?”

2. “Act City”: uma atração musical com uma torre em forma de gaita

A poucos minutos a pé da saída norte da estação de Hamamatsu está localizado o complexo “Act City”, que combina no mesmo espaço instalações públicas e privadas. Aqui se encontra um belíssimo arranha-céus em forma de gaita, que se tornou um dos símbolos de Hamamatsu, a cidade da música.

No “Act City”, há um grande salão onde pode ser exibida uma autêntica ópera, bem como peças de teatro no estilo tradicional “Kabuki”. Há também um salão mediano equipado com um órgão de tubos e excelentes equipamentos de som. Vários eventos e concertos de músicas podem ser realizados neste complexo, inclusive competições internacionais de piano, que costumam dizer ser a porta de entrada para jovens pianistas.

Na parte externa do complexo há espaços relaxantes, como o parque “Chopin Hill”, que é cheio de luz e composto por encostas e escadarias. Por isto, este é conhecido como um lugar de descanso e descontração.

3. Conheça as origens da cidade da música na "Yamaha Innovation Road"

“Yamaha Innovation Road” é um museu onde você pode sentir a música através do olhar, do som, e do toque. O museu se concentra na “Yamaha”, a companhia que possibilitou que Hamamatsu se tornasse uma cidade de música, com exposições sobre a sua história e os seus produtos.

Ao entrar no museu, o “Concept Stage” é a primeira área que você vai visitar. Nesta exposição se reúnem três tipos diferentes de instrumentos de cordas e sopro. Nesta área está representada a grande variedade de instrumentos produzidos pela Yamaha, de acústicos à elétricos.

Na mesma área, encontra-se um piano elétrico. Quando tocado, um belíssimo efeito de luz é projetado em cima da superfície do piano, para que os visitantes possam curtir a música também pelo olhar.

A área dedicada à exibição de instrumentos musicais conta com uma extensa coleção, constituindo um conjunto único e impressionante que apenas um excelente fabricante musical pode oferecer. Aqui você pode tocar os pianos e os violões em primeira mão!

Entre eles está o piano de cauda. Geralmente utilizado por profissionais, este é um item que causa muito interesse, por ser difícil vê-lo de perto, uma vez que é sobretudo utilizado em salas de concerto. No museu você poderá tocá-lo e sentir nos seus ouvidos as notas suaves que ele produz, gostosas de ouvir.

Na parte histórica da visita, estão expostos mais de 200 órgãos, pianos e outros produtos, incluindo aqueles que remontam à época da fundação da “Yamaha”, até os dias de hoje.

O primeiro órgão da Yamaha.

Veja como é bonito e retrô o design do primeiro órgão produzido pela companhia.

Além do que já descrevemos aqui, o museu contém outras exibições que contam a história da “Yamaha”, mostrando o seu empenho e compromisso, e a qualidade de seus instrumentos musicais. Há também outras exibições onde você poderá ver as tecnologias de última geração, e muito mais!

Caso queira visitar o museu, é necessário agendar a sua visita antecipadamente.

4. De um único piano a instrumentos musicais por todo o mundo: dê um mergulho cultural no "Museu dos Instrumentos Musicais"

O Museu de Instrumentos Musicais da cidade de Hamamatsu é o único museu público de instrumentos musicais no Japão. Nele, uma grande variedade de instrumentos musicais de vários países estão reunidos sob o mesmo teto.

Organizado a partir do princípio de “tratar os instrumentos de todo mundo igualmente”, o número de itens na coleção deste museu é de 3.300. Neste conjunto estão incluídos instrumentos musicais originários da Ásia, Japão, Oceania, dos Estados Unidos, da África, e da Europa, para além de instrumentos produzidos no Japão, eletrônicos ou em estilo ocidental.

Este é o único lugar no Japão onde você pode encontrar o Gamelão de Java, o Gamelão de Bali e Jegog (gamelão de bambu) de Bali.

Aproximadamente 1.500 instrumentos desta coleção estão em exibição permanente. E o que impressiona não é apenas a grande quantidade, mas também surpreende o fato de os instrumentos não estarem atrás de vitrines, mas distribuídos livremente pelo museu.

Além de instrumentos musicais modernos, um grande destaque do museu são os seus muitos instrumentos musicais medievais. Na área de exposição de instrumentos de tecla encontram-se um total de 70 instrumentos, entre eles órgãos, pianos, o Cravo (que é o protótipo antecedente ao piano) e o Clavicórdio, cujas origens remontam aos séculos XIII e XIV.

O cravo com afrescos decorativos, mostrado na fotografia acima, data do século XVIII, tendo originalmente pertencido a um aristocrata. Este é um item raro por ter sobrevivido à Revolução Francesa, quando muitos instrumentos musicais, considerados como itens de luxo na época, foram destruídos.

Ademais, o museu conta com muitos instrumentos tradicionais e cerimoniais oriundos da Ásia, Oceania e África. Dada a grande variedade desta coleção, que inclui tantos itens únicos, você certamente virá a conhecer instrumentos que nunca tinha visto antes!

Existe também uma área onde fones de ouvido estão disponíveis para você ouvir os sons dos instrumentos, além de uma outra área onde você pode tocar alguns instrumentos. Mini-concertos e outros eventos acontecem de forma irregular aos domingos e feriados.

Lindas lembranças, inspiradas em temas musicais, podem ser compradas no “Museu de Instrumentos Musicais”.

O museu tem uma coleção de lembranças inspiradas em instrumentos musicais.

Apontador (660 ienes c/ imposto)

Broche com pérolas (1.980 ienes c/ imposto)

Artigos de Papelaria (121 ienes c/ imposto)

Lembranças recomendadas são os mini broches com pérolas, clipes, lápis, apontadores de lápis, adesivos, blocos de notas e outros itens de papelaria. Estas lembranças são pequenas, então não tomam muito espaço na mala.

Há uma vasta gama de produtos. Você se diverte só de olhar!

5. Tenha a música sempre à mão: conheça de perto a gaita da famosa fabricante “Showa Gakki Seizo”

Fundada em 1947 na cidade de Hamamatsu, a fabricante de gaitas “Showa Gakki Seizo” produz e vende gaitas tremolo, gaitas simples, e mini-gaitas.

Na “Showa Gakki Seizo”, você poderá visitar a oficina agendando um horário com antecedência por telefone ou pela Internet. Você terá a oportunidade de ver de perto como se dá a fabricação a fabricação destes instrumentos.

Dentro da gaita, coloca-se uma placa de metal. Nesta placa há algo de formato alongado, chamado de paleta; esta paleta é praticamente o coração da gaita. A gaita é construída de maneira a emitir um som quando a palheta vibra, sugando ou soprando ar.

Na oficina, os artesãos fazem ajustamentos à paleta com minuciosa precisão, para que a gaita produza o timbre necessário. Com a ajuda de uma máquina especial que sopra ar através da paleta, eles usam os seus ouvidos e um afinador, checando os sons que são produzidos. Cada gaita é feita à mão.

A vitrine da loja.

Lembranças populares.

São os artesãos que afinam cada gaita até encontrar o timbre perfeito. A fábrica nunca compromete a qualidade dos seus produtos, de forma que tanto as gaitas comuns quanto as mini-gaitas produzem um som de qualidade.

“A gaita pode emitir sons em qualquer lugar, a qualquer hora. Se você estiver triste, ela vai soar triste. Se você estiver feliz, ela vai soar feliz. É um instrumento que toca o seu coração”, disse o presidente Suyama.

Estas gaitas, feitas de todo o coração, podem ser adquiridas na fábrica, em hotéis e em lojas pela cidade.

Fabrica de Intsumentos Musicais Showa

Cidade de Hamamatsu, Naka, Kamijima 1-8-55

Embarque nesta inesquecível viagem musical em Hamamatsu

Hamamatsu não é apenas uma cidade onde a música é tocada e ouvida, mas também um lugar onde você pode vivenciar a cultura, a história, e o amor que as pessoas têm pela música e pelos instrumentos. Embarque você também nesta inesquecível viagem musical, uma viagem para ficar no coração.

Mais informações

Faça uma nostálgica viagem de trem pela linha Tenhama, em Shizuoka

Depois de aproveitar a gastronomia local e passear ao redor da estação de Hamamatsu, por que não fazer uma viagem de trem na linha local, a linha Tenhama, para apreciar paisagens preservadas do passado?

Um Vista Soberba! Um guia das atrações do Lago Hamana, de gastronomia ao ciclismo

O Lago Hamana é um ponto turístico indispensável em Hamamatsu. Possuindo um raio de 114km, ele passa por Hamamatsu e por Kosai, uma cidade vizinha. É o lago de água salobra mais longo do Japão, sendo o décimo maior lago do país.

Uma paisagem fotogênica! Desfrute dos belos jardins floridos de Hamamatsu

Hamamatsu tem os dias mais longos de todo o Japão. As muitas horas de sol e o clima quente proporcionam um ambiente fantástico para a horticultura. Ao redor do Lago Hamana, pode-se encontrar jardins diversos e muito bonitos, indo do estilo ocidental ao japonês. É recomendado que o turista visite vários lugares distintos, para que possa aproveitar a diversidade e a beleza das flores em cada um deles.

Voltar à lista